União das Freguesias de Baixa da Banheira e Vale da Amoreira
Pesquisar
Freguesia
Junta de Freguesia
Assembleia de Freguesia
Newsletters
UFBBVA : Saudação 25 de Abril e 1º de Maio
21/04/2008 17:31:18

Apresentada pelos eleitos da CDU à Assembleia de Freguesia a 17 de Abril, aprovada por unanimidade

Saudação 25 de Abril e 1º de Maio

No próximo 25 de Abril comemora-se o 34º Aniversário da Revolução dos Cravos, o 34º Aniversário da queda do Regime Fascista que oprimiu os portugueses e os condenou a quase 40 anos de tropelias, pobreza e exclusão.

Com a Revolução dos Cravos ocorreram vitórias em vários campos: da liberdade de opinião, ao direito à saúde, educação, habitação, justiça e direito ao trabalho, expressas na nossa Lei Fundamental a Constituição da República Portuguesa.

Com a Revolução dos Cravos criou-se a liberdade de imprensa, a separação entre o poder executivo, legislativo e judicial, o Poder Local, que hoje nos permite estarmos, homens livres, a discutir assuntos relevantes para a nossa freguesia.

Com a Revolução dos Cravos afirmámos a paz, a soberania nacional e outros valores e ideias progressistas, como o combate à injustiça e participação dos cidadãos na vida pública.

Reconhecendo hoje que muito do que auspiciávamos ainda não está realizado e que, apesar de todas as lutas ainda hoje se viola os princípios da nossa Constituição e direitos conquistados (todos os direitos foram conquistados), saudamos a Revolução de Abril e manifestamos desta forma a nossa intenção de lhe dar seguimento comemorando hoje ABRIL com mais força e convicção, pela defesa das conquistas e pelos direitos dos trabalhadores e do povo!

Comemorar o 1º de Maio depois de 121 anos da repressão que se abateu sobre os trabalhadores de Chicago e comemorar a história de resistência e de luta de muitas gerações de trabalhadores portugueses durante o regime fascista, pela dignificação do trabalho e pela justa distribuição da riqueza, causas que nos mostram que vale a pena lutar, porque quem luta nem sempre ganha, mas quem não luta perde sempre e é um imperativo de todos os democratas e amantes da liberdade e da justiça.

Comemorar o trigésimo quarto 1º de Maio em liberdade, é mostrar que Abril está presente e venceu, apesar de todos os obstáculos, apesar de todas as lutas que temos de travar, apesar de todas as dificuldades.

Reconhecendo as vitórias consagradas como direitos fundamentais na Constituição da República, como o acesso universal ao trabalho, o direito à greve, à contratação colectiva, à liberdade sindical, à institucionalização do salário mínimo nacional, à generalização do 13º mês, das pensões de reforma e dos subsídios de férias e de desemprego, preocupados com o profundo agravamento da taxa de desemprego, e da generalização de desregulamentações e precariedades no trabalho, correspondentes a uma redução de salários e perda de direitos individuais e colectivos, saudamos o 1º Maio e apelamos à união dos trabalhadores e do povo português.

17 de Abril de 2008
Os Eleitos da CDU

Imprimir página Enviar esta notícia a um amigo
Agenda
Setembro 2019
S T Q Q S S D
            1
2 3 4 5 6 7 8
9 10 11 12 13 14 15
16 17 18 19 20 21 22
23 24 25 26 27 28 29
30            
Divulgação